Independência é ser dono do próprio negócio

5 passos para montar o próprio negócio. 📝

Defina uma atividade.
É primordial saber qual atividade a empresa irá exercer. Pois, além das licenças obrigatórias para a abertura de qualquer negócio, existem atividades específicas que exigem documentos também específicos.

Estipule o capital inicial.
Para iniciar o seu negócio, é necessário recursos para assumir as chamadas despesas pré-operacionais. Além das licenças já previstas, existe local, equipamentos, máquinas, mobiliário e o marketing, claro! Mensurar os possíveis gastos iniciais é imprescindível para a empresa.

Defina um endereço.
Seja virtual ou real, toda empresa precisa de um endereço, pois existem procedimentos obrigatórios de vistoria que passam pela prefeitura e bombeiros. Portanto, na hora de escolher o lugar, avalie se ele é condizente com a atividade da empresa.

Procure um Contador.
Com a orientação de um contador, será muito mais fácil passar pelo processo de licenças, cadastros e inscrições que sua empresa irá precisar. Um bom contador faz um contrato social bem feito; enquadramento correto da empresa na Receita Federal e Prefeitura; escolha do regime tributário mais adequado; orientações importantes para administração e gestão burocrática.

Determine o tipo da empresa.
A empresa pode ser tanto em modelo de sociedade, como um negócio individual. Caso opte por uma sociedade, se atente ao percentual concedido aos sócios e ao valor investido.

É preciso analisar bem antes de abrir qualquer negócio. Mas tenha em mente: jamais desista dos seus sonhos e acredite em seu potencial! 🏆

Ainda tem dúvidas de como lidar com sua empresa? Entre em contato conosco. 😁

6 ideias de inovação para seu negócio

Inovar não precisa ser complicado, envolver tecnologia, uma grande invenção ou ser um gênio. Você pode começar olhando para dentro do seu próprio negócio, identificando os pontos fortes e fracos, ouvindo seus clientes e acompanhando o desenvolvimento de todo o setor. Afinal, a essência de toda inovação é pensar soluções e experiências que atendam as expectativas dos seus clientes. Então, atenção para essas 6 ideias de inovação:

1- Inove na criação de produtos, na forma de entregá-los e como apresentá-los;
2- Inove na produtividade entregando maior agilidade;
3- Surpreenda criando uma nova metodologia para atender os seus clientes;
4- Invista em tecnologia e coleta de dados para mais análises que te deixarão mais assertivo;
5- Promova ações sustentáveis para eliminar o impacto ambiental da sua empresa;
6- Crie uma campanha que gere engajamento dos seus clientes.

Inovação aumenta a sua competitividade, fideliza e atrai novos clientes. Tire a sua ideia do papel! 😀

Regime Tributário

Já sabe o que o Regime Tributário faz? É ele que determina como a empresa pagará pelos seus tributos obrigatórios. Existem 3 diferentes tipos de Regime, veja só:

Simples Nacional
É um regime simplificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas (MEs) e Empresas de Pequeno Porte (EPPs) optantes por este sistema. Ele é feito para empresas com faturamento sobre 12 meses de até R$ 4,8 milhões, tendo tabela progressiva para apuração dividido em 5 anexos, sendo cada anexo para um determinado tipo de atividade, calculando diversos tributos e unificando todos em uma só guia chamada DAS.

Lucro Presumido
Ele determina a base de cálculo dos impostos, atribuindo uma alíquota a partir da presunção do lucro dependendo da atividade. Isso significa que já existem alíquotas preestabelecidas que supõe qual percentual de seu faturamento é lucro.
Lucro Real
É um regime que apura receitas, dedução de custos e despesas para chegar ao resultado do período. Assim se estabelece o lucro da empresa e, a partir disso, são calculados os impostos. O lucro apurado deve ser comprovado com lançamentos contábeis, sendo que a fiscalização tem suas próprias regras sobre receitas e despesas.

Lucro Arbitrado
É um modo de apuração da base de cálculo do imposto de renda, porém, não se trata de um regime tributário tradicional como os outros: ele deve ser utilizado em situações muito específicas. Trata-se de um regime que deve ser adotado quando a empresa contribuinte deixar de cumprir as obrigações acessórias relativas à determinação do Lucro Real ou do Lucro Presumido.

A melhor hora de planejar sua tributação é agora, pois após escolhida sua forma de tributação ela é irretratável para todo o próximo ano. Não pague impostos elevados em 2019! Fale conosco! 😄

Empreendedorismo

Invista em pessoas.

O que queremos dizer com isso? Simples. Invista na sua equipe! Invista tempo, conhecimento, comunicação com cada um deles.
Um excelente gestor está sempre ao redor dos melhores, formando os melhores. Em determinadas situações, a equipe não é a melhor porque não investimos tempo para a análise de funções.
Não é apenas sobre pagar mais ou contratar os certos. É sobre entender que casa funcionário está na função correta e ter a garantia que cada um deles as desempenham de forma correta. Invista em entender cada um!
Tenha uma visão estratégica e garanta que os melhores se encaixem em cada ponto da empresa!


Invista em você.

Para a formação de uma equipe extraordinária, você precisa ser também! Sem um bom gestor, não existe boa equipe. Estude, busque os melhores conteúdos, cursos e complementações para seu negócio! Tenha um tempo para você e para o seu desenvolvimento, tanto cultural, quanto intelectual.

Atualmente, as doenças psicossomáticas estão em evidência. Estresse e ansiedade são as maiores causadoras desses problemas. Cuide-se! Preocupe-se! Invista na sua saúde! Um ponto que trazemos sempre em pauta para o desenvolvimento empresarial é a saúde emocional. O mercado pode ser cruel nesse fator, e nós como líderes, precisamos estar a frente de qualquer problema ou dificuldade, mesmo que este esteja acontecendo conosco!


Invista em tecnologia.
Como essa semana tratamos de mudança e inovação, não poderíamos deixar a nossa maior aliada de fora dos processos de inovações!

O acompanhamento tecnológico otimiza os processos em níveis extraordinários. A comunicação, a produção e o sucesso são otimizados. De acordo com um estudo do Branco Mundial (Bird), nos países em desenvolvimento as companhias que investem em tecnologia cresceram 9,5 vezes mais que os concorrentes que não atuam ou possuem projetos na área. Não são só especulações, são dados, e eles são incontestáveis. Corra atrás da inovação!