Você sabe a importância das notas fiscais eletrônicas?

Em toda venda de um produto ou serviço, é importante a emissão da nota fiscal. Afinal, a nota fiscal é um documento para comprovação tributária das movimentações comerciais e para o pagamento de impostos. As notas fiscais também ajudam os gestores na organização dos dados da empresa, como o faturamento, estoque, lucro, entre outros. Muitos empresários têm dúvidas sobre a emissão e como é a obrigatoriedade.

O microempreendedor individual (MEI) é o único que só tem obrigação de emitir a nota fiscal no caso de comercialização com pessoas jurídicas. Já os outros empresários precisam emitir para pessoas físicas e jurídicas.

Existem diversos tipos de nota fiscal eletrônica, cada uma para uma finalidade. Conheça alguns tipos a seguir.

NFS-e (Nota Fiscal de Serviço eletrônica)

A nota mais comum e utilizada por empresas que prestam serviço. Várias categorias podem emiti-la, empresas como petshops, oficinas mecânicas, salões de beleza, etc. 

NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor eletrônica)

O antigo cupom fiscal utilizado no comércio para o consumidor final pode ser substituído por essa nota fiscal eletrônica.

CT-e (Conhecimento de Transporte eletrônico)

Esta é uma nota fiscal eletrônica exclusiva para empresas que prestam serviço de transporte ou frete.

MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais)

Quando a carga possui mais de um destino e as operações são interestaduais, a MDF-e é a nota que será emitida para comprovar a atividade.

Nota Fiscal de Importação e Exportação

Empresas que trabalham com compra e venda através da importação e exportação devem emitir a nota fiscal para comprovar suas operações.

Com as notas fiscais eletrônicas a sua empresa comprova o pagamento dos impostos e mantém a confiança dos clientes e parceiros. Lembrando que a nota é um direito do consumidor, pois garante a troca, devolução ou assistência técnica para produtos que apresentam defeito.

E ainda, a emissão eletrônica traz benefícios como a diminuição de custos da impressão, de envio, otimiza o tempo, é mais segura, reduz erros de preenchimento, simplifica processos e espaço de armazenamento. Além da diminuição do impacto ambiental!

Em caso de dúvidas sobre emissão, registro e gerenciamento, a Contabilidade em Dia é sua parceira ideal. Propomos soluções assertivas pensadas especialmente para a sua empresa!

Nova resolução para o MEI em Setembro

Entra em vigor, agora em setembro, a Resolução nº 59 do CGSIM que visa desburocratizar a abertura de novos negócios como MEI. O normativo já foi publicado no Diário Oficial da União e permite o início dos negócios sem exigências de alvarás, licenças de funcionamento e taxas.

O MEI estará isento das obrigações publicadas através de um Termo de Ciência e Responsabilidade de Dispensa de Alvará de Licença de Funcionamento. Porém, há algumas regras exigidas pela prefeitura do município e pelo estado a serem seguidas para conseguir a dispensa. Tais regras envolvem questões sanitárias, ambientais, atividades domiciliares, tributárias, restrições de espaço público, de segurança pública, além de uma autorização para inspeção futura do local de exercício das atividades. Ainda há a fiscalização do cumprimento dos requisitos para a dispensa, mas o empresário não precisará aguardar a visita do fiscal para iniciar o seu negócio. O não cumprimento das exigências pode levar ao cancelamento da dispensa.

A desburocratização tem como objetivo a movimentação da economia, a formalização e o crescimento dos negócios criados por microempreendedores individuais. O MEI tem direito a contratar um funcionário, e precisa respeitar o teto máximo de R$81 mil de faturamento por ano. Com um pagamento fixo mensal, que varia de R$53,25 a R$58,25, também tem direitos previdenciários garantidos. Em um formulário simplificado, o microempreendedor deve registrar o total de suas receitas mensalmente.

Se tem alguma dúvida se o seu negócio se encaixa como MEI ou em outra modalidade, entre em contato conosco pelos telefones (17) 3524-4941 e (17) 99606-0313. Oferecemos o serviço de estudo de viabilidade que pode te ajudar!

Pronampe: saiba como solicitar crédito para micro e pequenas empresas

Desde que o COVID-19 se espalhou pelo planeta, muitas empresas têm se visto em momentos de crise e sofrido para fechar as contas ao final do mês. Mas, manter o caixa no azul é possível com o Pronampe (Porgrama de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), uma espécie de linha de crédito para micro e pequenas empresas.

Desde o último dia 16 de junho, esta nova linha de crédito está valendo e oferecerá empréstimos com limites de até 30% da receita anual de 2019. Mas, você sabe como funciona o Pronampe e como solicitar o crédito? Confira!

O que é o Pronampe?
O Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) é um programa criado pelo Governo Federal, com o objetivo de auxiliar microempresas e empresas de pequeno porte e está instituído pela Leia de nº 13.999, de 18 de maio de 2020.

Como funciona o Pronampe?
O crédito pode ser utilizado para investimentos e capital de giro isolado ou associado ao investimento, como adquirir máquinas e equipamentos, realizar reformas ou para despesas operacionais, como pagamento de salário de funcionários, pagamento de contas como água, luz, aluguel, compra de matérias-primas, mercadorias, etc, com o prazo máximo de pagamento de 36 meses.

Quem tem direito ao Pronampe?
O programa do Governo Federal foi criado com objetivo de ajudar MEI com renda bruta anual de até R$ 81 mil, microempresas com renda bruta anual igual ou inferior a R$ 360 mil e empresas de pequeno porte com renda bruta anual de até R$ 4,8 milhões.

A taxa de juros anual do Pronampe é equivalente à Selic, ou seja, mais de 1,25% ao ano, com um período de reembolso de até 3 anos, com uma carência de 8 meses para inciar o pagamento do financiamento.

No entanto, como o crédito do programa pode ser usado para pagar salários, os funcionários da empresa não poderão ser demitidos até que o último pagamento seja feito.

Como solicitar crédito ao Pronampe?
Para solicitar crédito ao programa do governo, basta acessar a GiroCaixa Pronampe, no site da Caixa e preencher um formulário. Após este processo, um gerente que atende a sua região deverá entrar em contato para dar sequência no andamento do pedido.

Precisa de ajuda com as finanças do seu negócio? Entre em contato com a Contabilidade em Dia para uma consultoria ou planejamento estratégico para te ajudar a sair dessa crise que o país vivencia da melhor forma. Estamos disponíveis pelos telefones (17) 3524-494 ou 99606-0313.⠀⠀

Uma máscara estratégica!

Nos últimos meses, a procura por máscaras e outros equipamentos de proteção individual (EPIs) tem sido expressiva. Isso porque o uso tem sido obrigatório para auxiliar no combate e proteção ao coronavírus.

Especialistas recomendam uma série de ações, que devem ser tomadas em conjunto com o uso da máscara, como lavar as mãos, evitar tocar olhos, nariz, boxa e não tocar em pessoas, para reduzir o risco de contágio e obtermos êxito no combate ao vírus.

E, desta mesma forma que usamos a máscara e tomamos as medidas preventivas, existe a projeção do Fluxo de Caixa, uma estratégia para proteger sua empresa das ameaças e perigos financeiros.

Esta estratégia é importante porque responde se seu negócio possui uma reserva de caixa, para cobrir as despesas sem a entrada de novos recursos e quanto tempo sua empresa consegue sobreviver sem novas entradas. Através desta estratégia, também é possível elaborar métodos que auxiliem em tomadas de decisões e elaboração de novos planejamentos.

Portanto, é imprescindível em momentos de crise ter um bom planejamento e gestão, com foco em liquidez, para garantir a sobrevivência nesse período. Avalie os saldos de caixa, contas a pagar e receber nos próximos meses, não só neste período de crise, mas de forma constante, prevendo, inclusive, alguns impactos, como:

Redução ou aumento da receita;

Aumento ou queda da inadimplência;

Necessidade de empréstimo preventivo;

Cortes e prorrogação de despesas preventivas;

Isenção e adiantamento de tributos e taxas;

Redução da jornada de trabalho, férias antecipadas e banco de horas.

Em suma, diante do cenário atual, é de extrema importância e necessidade ter ações estratégicas, que possam ser acompanhadas com projeções futuras.

Precisa de ajuda? Nós podemos te ajudar a organizar um planejamento e criar estratégias para ajudar a sua empresa a superar este momento de crise. Entre em contato com a gente através dos telefones (17) 3524-494 ou 99606-0313.

Carteira de trabalho digital: saiba como ter acesso!

A modernização e facilidade ao acesso às informações chegou para o trabalhador brasileiro, que agora, também pode contar com a sua Carteira de Trabalho Digital, ou seja, a carteira de trabalho no celular.

A CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) é um documento obrigatório para registrar o histórico profissional de quem se enquadra como pessoa física.

O aplicativo da carteira de trabalho digital pode ser baixado tanto para celulares com sistema operacional iOS, quanto Android. É possível fazer o download do app na loja de aplicativos online.

Acesso ao app
Para acessar sua carteira de trabalho digital, será preciso criar login e senha. Esta etapa é realizada no próprio app, de forma rápida.

No entanto, se você possui cadastro no sistema acesso.gov.br, acessar sua carteira de trabalho digital pode ser ainda mais fácil. Pois, será preciso apenas usar seu login e senha de acesso já existentes.

Benefícios do app
Inicialmente, o app oferecerá alguns benefícios, como a agilidade na solicitação do documento, acesso à informação de Qualificação Civil e de Contratos de trabalho através da integração de diversos bancos de dados do governo federal.

Além disso, com o app, haverá maior aproveitamento das vagas disponíveis, reduzindo o tempo médio de atendimento e facilidade ao trabalhador em monitorar seus vínculos trabalhistas.

Agora que você já sabe como ter a sua carteira de trabalho digital, baixe o app e comece a navegar!

Precisa de ajuda com a sua contabilidade? Entre em contato com a gente, pelos telefones (17) 3524-4941 ou 99606-0313.

A importância da DRE na crise

O mundo todo tem vivenciado momentos difíceis que certamente têm afetado a situação financeira da maioria das empresas, em decorrência da pandemia, causada pelo COVID-19. Por isso, realizar uma boa gestão financeira é fundamental para proteger o fluxo de caixa das empresas e amenizar os efeitos econômicos que a pandemia tem causado.

Além do Demonstrativo do Fluxo de Caixa e Balanço Patrimonial, a DRE, Demonstração de Resultados do Exercício, é uma excelente e importante aliada para gerenciar esta crise. Estes relatórios avaliam a saúde financeira das empresas e a DRE retrata a real situação, com elementos fundamentais para gestores e administradores tomarem decisões assertivas.

A DRE oferece uma síntese completa de todas as atividades da empresa, tanto operacionais quanto não operacionais, em um determinado período, demonstrando claramente se há lucro ou prejuízo. Embora seja elaborado anualmente devido às obrigações legais, é indicado que a DRE seja gerada mensalmente para fins administrativos e gerenciais, sendo uma das mais poderosas ferramentas de análise dos resultados e tomada de decisões.

Então, neste dado momento e circunstâncias que estamos vivenciando, é importante que a DRE seja elaborada de uma maneira sequencial e lógica, confrontando Receitas, Custos e Despesas. Desta forma, por exemplo, se sua empresa tiver um queda de 50% da receita bruta, por conta dos impactos da pandemia, com os dados apontados pela DRE, você terá como se planejar melhor para “blindar” seu negócio, tomando medidas essenciais, como redução de despesas, contratação de empréstimos e ajuste das linhas de produto para o novo momento.

Portanto, se você tem enfrentado problemas financeiros na sua empresa. Saiba que há formas de estudar e planejar métodos de amenizar os impactos da crise e evitar que seu negócio venha falir. Para isso, identifique o problema o quanto antes e reaja o mais cedo possível.

Para fazer todo o levantamento e planejamento de ação e gerenciamento de crise, conte com a Contabilidade em Dia pelos telefones (17) 3524-4941 e 99606-0313. Nossa equipe está preparada para lhe auxiliar a retirar os impedimentos para que a empresa possa sobreviver e atravessar este cenário.

Como tornar a contabilidade do seu negócio mais prática

Quando o assunto é ser empresário e abrir o seu próprio negócio, é importante pensar em todos os detalhes, inclusive na parte burocrática e contabilidade, que são fundamentais para manter a saúde financeira das empresas em dia. Mas, como empreender não é tarefa fácil e cuidar de toda parte financeira também não, é importante tornar sua contabilidade mais prática.

Mesmo tendo um escritório contábil para cuidar de todos os processos necessários, tenha o cuidado de manter o processo contábil organizado para torná-lo mais prático. Para isso, é preciso ter um monitoramento das variações do patrimônio da empresa e dados precisos de impactos positivos ou negativos das ações estratégicas adotas nas atividades desenvolvidas pela organização.

Mas, como empreender e cuidar de toda essa parte burocrática não é fácil, pensamos em te auxiliar a tornar sua contabilidade mais prática. Por isso, preparamos algumas dicas, como:

– Tenha um escritório contábil como parceiro para organizar as obrigações fiscais e contábeis, além de organizar as finanças da empresa;

– Faça uma boa pesquisa para saber o que os clientes acham da sua empresa e dos seus serviços;

– Participe do processo contábil, por exemplo, ao optar por inserir os dados das contas básicas, junto ao seu sistema financeiro;

– Saiba que é extremamente importante fornecer informações precisas e organizadas para o seu contador;

– Tenha todas as movimentações do seu negócio registradas e organizadas, inclusive transferências, pagamentos e recebimentos de faturas;

– Tenha um controle financeiro para registrar todas as transações e organizar todas as informações relevantes que possam ser úteis ao contador;

– Tenha atenção com o controle da receita e do fluxo de caixa, para evitar perda de dinheiro e tempo.

O que pode te ajudar a organizar sua contabilidade e parte financeira é ter um planejamento financeiro. Organize um planejamento com decisões a serem tomadas em períodos curto, médio e a longo prazo.

Precisa de ajuda para organizar as finanças da sua empresa e criar um planejamento financeiro? Entre em contato com a Contabilidade em Dia. Nós podemos ajudar a sua empresa.

Temos uma equipe preparada e qualificada para atuar em momentos de crise, com planejamentos, consultorias e reestruturação empresarial. Estamos disponíveis pelos telefones (17) 3524-4941 e (17) 99606-0313.⠀

COVID-19: Planejamento empresarial

Ser empresário não é uma tarefa fácil. Mas, empreender em tempos de crise requer ainda mais cuidado e atenção. E, com o atual cenário que o Brasil e outros países têm vivenciado, em decorrência da pandemia causada pelo Covid-19, a insegurança e instabilidade são inevitáveis. Por isso, fazer um planejamento empresarial e programar a recuperação dos negócios é imprescindível.

O planejamento empresarial é importante porque ele tentará encontrar soluções para a circunstância vigente e tentar recuperar os negócios de forma notável. Com o planejamento, você refletirá e fará algumas perguntas que te direcionarão para um plano de ação, como as perguntas a seguir:

– O que pode ser feito para que as vendas da empresa não sofram tanto impacto?

– É possível adaptar o dia a dia da empresa para o ambiente online?

– Quais novos serviços ou produtos podem ser criados para a otimização do desempenho da empresa no atual momento de crise?

– É possível reduzir os gastos?

– Como excluir, de imediato, itens não essenciais fazendo uma reavaliação dos orçamentos?

– Reduzir salários, temporariamente, é uma opção para a otimização do orçamento?

– Quais são os produtos que mais oferecem estabilidade para a empresa e que podem ser o foco estratégico dos negócios na atual situação?

– Quais os serviços que mais representam o retorno financeiro?

– Antecipar férias coletivas é uma opção?

– Os colaboradores estão preparados para essa situação?

Após se fazer todas as perguntas citadas acima, reflita sobre como manter a calma e ser transparente nas suas tomadas de decisões, raciocinando novas estratégias, revendo projetos, processos e investimentos. Além disso, analise como manter a equipe engajada, motivada e no mesmo ritmo de produtividade.

Gerir uma crise é algo delicado e deve ser feito com muita cautela, pois é um momento de vulnerabilidade para muitas empresas. Por isso, é preciso agilidade no plano de ação. Além disso, uma alternativa para que a empresa não pare de funcionar completamente, é aderir ao meio digital, com vendas virtuais e entregas, pelo sistema delivery.

CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL
Precisa de ajuda para realizar o planejamento da sua empresa? Nós podemos te ajudar. Entre em contato com a Contabilidade em Dia, pelos telefones (17) 3524-4941 / (17) 99606-0313 e agende uma consultoria.

Home Office: Como aumentar a produtividade da sua equipe

Diante da realidade que o Brasil e muitos outros países têm vivenciado, muitas empresas se viram obrigadas a aderir ao trabalho Home Office e, para manter sua equipe produtiva, temos algumas dicas, como:

Faça gestão do trabalho remoto
Organize e planeje as atividades com algumas regras, para determinar as etapas, prazos e colaboradores responsáveis por cada projeto, de forma que otimize as tarefas e entregas cumprindo os prazos. Para isso, estipule prazos e faça reuniões diárias ou semanais. Também é importante manter a equipe organizada, bem informada e unidade para que o resultado final seja positivo.

Faça chamadas para aproximar a distância
Para garantir o empenho da equipe e a produtividade como eram antes do Home Office, preze por manter a proximidade, mesmo com a distância. Para isso, existem vários programas que podem ser usados para videoconferências, como Zoom Meetins, Google Hangouts, Skype e Microsoft Teams.

Peça para que cada pessoa da sua equipe ligue a câmera e pergunte como está sendo o dia de cada um. Também é importante realizar um bate papo informal, de pelo menos uns cinco minutos, para trazer os colaboradores para mais perto, fortalecendo os laços da equipe.

Utilize ferramentas de gestão
Se sua empresa ainda não trabalha com software que gerencia o trabalho, é importante aderir a um gerenciador de tarefas e projetos, para manter o trabalho da equipe organizado e manter um controle das tarefas que estão sendo desenvolvidas e as que ainda precisarão ser trabalhadas.

Para gerenciar suas tarefas, existem várias plataformas que ajudam a manter ou aumentar a produtividade da sua equipe durante o Home Office, como: Trello, Asana e Runrun.it.

Mantenha a equipe motivada
Ter a equipe produtiva e eficiente não é tarefa fácil, ainda mais com a distância e todas as possibilidades da distração que o Home Office possa promover. Para isso, organize sua equipe e a mantenha motivada. É possível determinar horários para pequenos intervalos durante o expediente. Proponha pequenas pausas de 5 minutos para cada 25 minutos trabalhados, para que o colaborador possa ir ao banheiro, tomar uma água, checar as redes sociais ou apenas descansar.

Além disso, é importante que os colaboradores não sejam sobrecarregados neste momento, para manter a eficiência e motivação. Por isso, atente-se para que as pessoas não se dediquem mais que o necessário e combinado.

Dê dicas de local para trabalho para sua equipe
A escolha do local de trabalho é extremamente importante. Por isso, estimule que seus colaboradores escolham um lugar silencioso e que permita trabalhar com postura e organização. Peça que evitem trabalhar do sofá, por exemplo. A escolha de uma mesa com uma cadeira confortável em um ambiente que permita o colaborador focar em suas tarefas fará toda a diferença.

Precisa de ajuda com a contabilidade da sua empresa e as novas alterações do governo para o trabalho Home Office? Nós podemos te ajudar. Entre em contato com a Contabilidade em Dia pelos telefones (17) 3524-4941 / (17) 99606-0313.

Benefício Emergencial de Prevenção do Emprego e Renda

Em meio ao cenário que o país vem vivenciando com a chegada do COVID-19, o governo brasileiro anunciou algumas medidas emergenciais de prevenção ao emprego e renda. Para aderir ao benefício, o empregador deverá declarar quem são os empregados que farão uso do Benefício Emergencial de Prevenção do Emprego e Renda. Ele deverá optar pelas seguintes opções:

Redução proporcional de jornada e salário:
– 25%;
– 50%;
– 70%.

Suspensão temporária do Contrato de Trabalho:
– Se a empresa teve faturamento anual em 2019 até R$ 4,8 milhões, o Benefício emergencial será custeado 100% pelo Governo, tendo como base de cálculo o valor mensal do seguro-desemprego a que o empregado terá direito;

– Se a empresa teve faturamento anual em 2019 superior a R$ 4,8 milhões, o Benefício Emergencial será custeado 30% pelo empregador como ajuda compensatória de natureza indenizatória e 70% pelo Governo como Benefício Emergencial de Prevenção do emprego e Renda.

Comunicação
Vale lembrar que empregador deve comunicar sobre a redução de jornada e salário ao Governo em, no máximo, dez dias, a partir da celebração do acordo.

Além disso, é preciso ter muito cuidado com o enquadramento de cada empresa e à comunicação ao sistema Empregador Web. Uma vez que as informações forem declaradas, não poderão ser alteradas.